Pesquise por hashtags, nomes, e assuntos Pesquisar

Você já ouviu falar no golpe do falso pagamento?

Você já ouviu falar no golpe do falso pagamento? Recentemente, o assunto ganhou repercussão e tem sido muito comentado. 

Uma pesquisa realizada pela OLX em conjunto com a AllowMe, empresa especializada em proteção de identidades digitais, mostrou que 42% das fraudes na internet, ainda no primeiro semestre de 2021, correspondem ao golpe do pagamento falso. 

Por isso, nos post de hoje vamos explicar como funciona essa fraude e como se proteger. Confira!

Entenda como funciona o golpe do falso pagamento 

Principalmente após a pandemia, o número de pessoas vendendo produtos na internet aumentou muito. Itens eletrônicos, por exemplo, representam mais de 70% dos anúncios com essa finalidade em redes sociais, marketplaces e plataformas de ecommerce. 

Acontece que, em muitas dessas negociações, o usuário faz a compra e envia um comprovante adulterado ou um comprovante de agendamento — como aqueles que são gerados para pagamentos feitos fora dos dias úteis ou horário —, assim que finaliza a compra. Mas não para por aí. 

Para que o anunciante não perceba, o comprador demonstra urgência em receber o produto, e o vendedor sem saber acaba por enviar o pedido antes mesmo de se certificar que o valor já está realmente na sua conta. 

Então, a pessoa recebe o objeto, mas na verdade não paga por ele. E é assim que se configura o golpe. 

Como se proteger contra esse tipo de fraude

Os golpistas conseguem colocar características bem semelhantes a um comprovante original, por isso, nem sempre é fácil perceber que o pagamento é falso. Para evitar passar por esse tipo de situação, é importante reforçar alguns pontos: 

  • Anuncie, preferencialmente, em plataformas de ecommerce ou marketplaces que façam intermédio entre o comprador e o vendedor, assim a negociação fica mais segura. 
  • Utilize também os chats dessas plataformas para fazer contato com o comprador em vez de aplicativos de mensagem. 
  • Só entregue o produto quando o dinheiro estiver em sua conta.
  • Atente-se aos e-mails recebidos dos sites que você anuncia. E-mails originais não costumam mandar mensagens genéricas e apresentam o nome oficial da marca/empresa. 
  • Não aceite comprovantes de pagamentos agendados em hipótese alguma.
  • Ao receber um e-mail de confirmação de pagamento, observe o endereço e o provedor do remetente. 

Essas são algumas dicas simples, mas que podem fazer total diferença e impedir que você seja vítima desse tipo de golpe. 

E então, o que achou deste conteúdo? Para ler outros materiais como esse, continue de olho em nosso blog e nos siga nas redes sociais! 

Tem alguma dúvida? É só deixar um comentário abaixo que responderemos em seguida!

Posts relacionados

Os 9 piores erros na hora de fazer cobrança

Toda empresa tem direito e quer receber o dinheiro gerado pela venda de seus produtos e serviços. Porém, todos sabemos que existem casos e casos sobre atrasos e inadimplência. Você já parou para pensar qual o momento exato que se inicia o processo de cobrança? Quem nunca recebeu um sms com código de um boleto, […]

Destaques

5 min