Pesquise por hashtags, nomes, e assuntos Pesquisar

O que é IGP-M: saiba mais sobre esse indicador!

Com certeza você tem noção do que é IGP-M, mas você sabe exatamente para que ele serve, o que ele abrange e como é calculado? 

No post de hoje, vamos explicar sobre o funcionamento desse índice. Para conferir, é só continuar a leitura! 

O que é IGP-M: para que ele serve?

IGP-M é a sigla para Índice Geral de Preços do Mercado, uma das variações do IGP. Esse indicador importante para a economia nacional é avaliado pela Fundação Getúlio Vargas (FGV), com o intuito de medir a inflação de preços de matérias-primas da área agrícola e industrial até serviços e bens.

O índice é composto pelo IPA-M (Índice de Preços por Atacado – Mercado), IPC-M (Índice de Preços ao Consumidor – Mercado) e INCC-M (Índice Nacional do Custo da Construção – Mercado), tendo o primeiro um peso de 60%, o segundo 30% e o terceiro 10%.

Esses indicadores calculam desde itens de alimentação até serviços diversos, como mensalidades de planos de internet, condomínio, remédios, transporte, entre outros. 

Sendo assim, contas de energia elétrica, alguns planos de saúde e tipos de seguros, educação e universidade também podem ser reajustadas pelo IGP-M e não somente o aluguel de imóveis, como estamos acostumados a ver.

Qual a diferença entre o IPCA e o IGP-M?

Tanto o IPCA quanto o IGP-M medem a inflação e servem como base para entender o custo de vida dos brasileiros a partir das variações de preços. No entanto, eles podem apresentar resultados bem distintos. Por exemplo, em janeiro deste ano, o IPCA foi de 10,38% em um acumulado de 12 meses, enquanto o IGP-M ficou em 17,78% em 2021.

De maneira geral, a diferença é que o IPCA (Índice Nacional de Preços ao Consumidor Amplo) se refere a variação de preços de serviços e produtos ao consumidor final. Já o IGP-M envolve a oscilação de todo o processo de produção. 

Estes são os principais pontos sobre o IGP-M. Esperamos que esse conteúdo seja útil para você! E para ler outros materiais com temas relacionados, não deixe de acompanhar nosso blog e nos seguir nas redes sociais! 

Tem alguma dúvida? Escreva um comentário aqui embaixo!

Posts relacionados

Como montar uma régua de cobrança eficiente

A régua de cobrança é uma ferramenta importantíssima para diminuir o índice de inadimplência. Saiba agora como montar um formato eficiente para o seu negócio!

Análise de Crédito

2 min