Pesquise por hashtags, nomes, e assuntos Pesquisar

Cheque sem fundo: veja o que você precisa saber!

Embora os talões de cheque sejam cada vez menos usados, ainda há vários registros de pessoas endividadas por conta de cheque sem fundo

De acordo com a Peic (Pesquisa de Endividamento e Inadimplência do Consumidor) realizada em março do ano passado, mais de 700 mil brasileiros possuem dívidas relacionadas a cheques sem fundos. Um número ainda alto, tendo em vista que essa modalidade de pagamento tem sido substituída por outras mais tecnológicas e avançadas. 

Em razão disso, no post de hoje vamos explicar o que é cheque sem fundo e quais consequências ele pode gerar. 

Cheque sem fundo: o que é e como funciona?

Como sabemos, um cheque é uma ordem de pagamento emitida pelo titular para o banco. Logo, a pessoa que recebe o cheque tem direito a esse pagamento. Quando um cheque está sem fundos, quer dizer que, no momento do saque, a conta do titular não tem dinheiro suficiente. 

É mais ou menos assim: o pagador preenche a folha do talão com o valor, data de pagamento e o nome de quem vai receber. Se ele não tiver dinheiro na conta, o recebedor não vai conseguir sacar e o cheque será devolvido por falta de fundos. 

Qual a consequência de passar um cheque sem fundo 

Depois de ter o cheque devolvido, existe mais uma possibilidade de compensação. Após a segunda tentativa, se for novamente recusado, o nome do titular vai para o CCF (Cadastro de Emitentes de Cheques sem Fundos). 

Isso gera um registro — gerenciado pelo Banco Central (BC) — que permite que outros bancos e instituições financeiras saibam o que aconteceu, o que pode acabar por dificultar o acesso a novos créditos para o titular, bem como fazer com que o nome dele seja inscrito em algum órgão de proteção ao crédito e que novos talões sejam negados para evitar dívidas. 

Para ter certeza se o seu nome está ou não no CCF, é só entrar em contato com o banco emitente do talão ou diretamente pelo registro do BC. Em seguida, é necessário fazer o pagamento do valor que estiver em aberto, somado aos encargos pelo atraso, para que o nome do titular possa ser excluído do cadastro e a situação regularizada. 

Você acabou de conferir como funciona o cheque sem fundo. Para ler outros materiais como esse, não deixe de acompanhar nosso blog e nos seguir nas redes sociais! 

Ficou com alguma dúvida? É só deixar um comentário aqui embaixo!

Posts relacionados