Pesquise por hashtags, nomes, e assuntos Pesquisar

Como fazer cobrança: confira 4 elementos importantes

Mais do que identificar qual o tipo de cobrança ideal para seu cliente, é preciso entender como fazer cobrança. Afinal, a forma como você lida com o devedor pode impactar completamente o rumo da conversa e seu objetivo, que é receber por uma dívida não paga ou em atraso. 

Desse modo, é importante colocar alguns elementos básicos em prática para que o momento de cobrar seja menos embaraçoso e também não cause nenhum desgaste na relação entre sua empresa e o consumidor. 

Sabendo disso, listamos 4 fatores essenciais que podem te ajudar na hora da cobrança. Quer conferir quais são? Basta continuar a leitura! 

Como fazer cobrança em seu negócio a partir de 4 fatores 

Independentemente do meio de cobrança que você utilizar, é a maneira como você se comunica que garantirá o sucesso da ação. Veja, portanto, 4 pontos essenciais:

Abordagem 

A abordagem é parte fundamental da cobrança. Mas para decidir qual é a mais adequada para cada perfil de cliente, é necessário conhecê-los. Ter um cadastro completo e atualizado das pessoas que compram em sua empresa, vai te ajudar também a cobrá-las. 

Não se esqueça do seu objetivo: recuperação de dívidas. Para tanto, nada como uma abordagem assertiva e eficaz para alcançá-lo. E para ter assertividade é imprescindível saber com quem se está lidando e como proceder a situação. 

Para isso, busque compreender os motivos pelos quais determinado cliente ficou inadimplente e tenha acesso a todos os dados dele. 

Importante ainda é ter bem esclarecido a finalidade de tal abordagem. Por exemplo: você pretende apenas mandar um lembrete? Trata-se de uma cobrança preventiva? A dívida já passou do prazo? É uma tentativa de negociação? 

Tudo isso precisa ser considerado no momento em que você decide contatar o consumidor, pois a cobrança costuma trazer à tona qualquer insatisfação que ele possa ter guardado. 

Diálogo 

Diálogo é a base de tudo. Saber conversar e ouvir o seu cliente é mais do que necessário por algumas razões:

  • É importante que ele sinta que você quer ajudá-lo a regularizar sua situação 
  • Quando se sente desconfortável com a cobrança ou percebe que o cobrador não tem acesso a todas as suas informações, é possível que o devedor tente desestabilizá-lo
  • O clima pode ficar pesado e desarmonioso, o que irá dificultar ainda mais a recuperação da dívida

Tom de voz

O tom de voz e o diálogo tem tudo a ver, um está relacionado ao outro, na verdade. Portanto, tenha atenção na forma como você vai se comunicar. Tente falar com calma, evite se mostrar muito pensativo, em dúvida ou impaciente. Manter-se seguro, firme, equilibrado e empático é crucial. 

Positividade 

Outro quesito importantíssimo é a positividade. Nada de usar palavras que possam desmotivar o seu cliente. Tenha em mente que a maioria das pessoas que fica inadimplente não gostaria de estar nessa situação e provavelmente esteja passando por algum problema financeiro. 

Lembre-se que o seu papel não é taxar o consumidor como inadimplente. É ele quem deve se classificar como tal. O responsável pela cobrança, diferente do que muitos pensam e fazem, é oferecer alguma solução para que ele consiga pagar pelo que deve e possa voltar a comprar.

E então, o que achou deste conteúdo? Você acabou de conferir como fazer cobrança a partir de 4 elementos simples. Para ler outras postagens com dicas como essas, é só continuar acompanhando o blog da SCC Check. Até a próxima! 

Posts relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Feito por Nerau Studio