Pesquise por hashtags, nomes, e assuntos Pesquisar

Tipos de cobrança: 3 maneiras para evitar a inadimplência

Apostar em algum dos tipos de cobrança é o melhor caminho para tentar minimizar o índice de inadimplência. Somente com uma boa gestão de cobrança é possível evitar e reverter situações complicadas de não recebimento de dívidas. 

Não importa qual seja o segmento e porte do seu negócio, é preciso conhecer algumas dessas modalidades para colocar em prática. Pensando nisso, no post de hoje, trouxemos 3 formas de cobrança que podem ser implementadas em sua empresa. 

Quer saber mais? É só continuar a leitura deste conteúdo para conferir! 

Conheça 3 tipos de cobrança para colocar em prática em seu negócio 

Nós sempre falamos por aqui que a inadimplência é uma realidade em alta no Brasil. Acabá-la por completo está longe de ser uma tarefa fácil, mas com algumas técnicas de cobrança dá para amenizá-las. Veja o que você pode fazer:

Cobrança preventiva via e-mail ou SMS

Como o nome sugere, a cobrança preventiva é uma forma de precaução. Dessa forma, o responsável pelo setor de cobrança enviará uma espécie de aviso, antes da data de vencimento, para que o cliente não se esqueça da dívida. 

Esse lembrete geralmente é encaminhado por meio de mensagens de textos pelo celular (SMS) ou e-mail. Trata-se de uma opção bastante válida para aqueles clientes que não costumam ter muito atrasos, mas que pela correria do dia a dia podem acabar se esquecendo do prazo para pagamento. 

Cobrança por telefone

As ligações telefônicas são ainda uma das formas mais utilizadas para fazer cobrança, seja para lembrar sobre a dívida antes do vencimento, como após a data. 

Embora seja uma modalidade importante, capaz de estreitar o relacionamento com o cliente, é essencial prestar atenção na abordagem que será usada com cada pessoa. Afinal de contas, cada uma tem um perfil diferente.

(Aproveite para ler também a matéria completa do blog: Os piores erros na hora de fazer cobrança).

Carta de cobrança 

Como sabemos, a carta de cobrança é enviada com o intuito de regularizar a situação do devedor sem ter de chegar a negativação

Por isso, o documento apresenta dados como: valor da dívida, nome de quem está devendo e nome da empresa para qual a pessoa física ou jurídica está devendo. Essa carta é uma boa maneira para localizar o devedor e tende a ser uma ótima ferramenta para recuperar crédito

Caso a pessoa não pague a dívida, depois de ter recebido a carta, ela pode ter o CPF ou CNPJ negativado em algum órgão de proteção ao crédito. 

Como escolher o melhor tipo de cobrança e evitar situações desagradáveis

A escolha do tipo de cobrança deve ser considerada a partir do modelo de clientes que você atende. É importante pensar no conjunto da obra: qual é o perfil de cliente que você atua? De que modo cada um lida com suas obrigações financeiras? Qual é a capacidade de pagamento? Como eles se comportam no mercado?

Todas essas são perguntas que nos levam para uma avaliação, e a análise de crédito é um recurso imprescindível nesse momento! Com ela, você obtém respostas mais precisas para todos esses questionamentos e consegue encontrar a melhor alternativa de cobrança. 

Aliás, uma boa gestão de cobrança pede uma avaliação de crédito assertiva. É fundamental que elas trabalhem lado a lado. E para te ajudar, a SCC Check  — empresa especializada em consultas de crédito — oferece soluções completas e eficientes para sua análise. Vale a pena conferir! 

E então, o que achou desse conteúdo? Você acabou de conferir os tipos de cobrança mais utilizados. Para se manter informado sobre o universo das finanças, basta acompanhar nosso blog semanalmente e nos seguir nas redes sociais. 

Ficou com alguma dúvida? Nos deixe um comentário abaixo!

Posts relacionados