Pesquise por hashtags, nomes, e assuntos Pesquisar

6 dicas de como manter a organização financeira em sua empresa

Manter a organização financeira de uma empresa não é tarefa fácil, nós sabemos. Mas é a partir dela que conseguimos visualizar de maneira mais clara as despesas fixas e variáveis, lucros, dívidas e contas a receber.

Não há negócio que sobreviva sem um bom gerenciamento e controle financeiro, independentemente do seu porte. Até mesmo as grandes corporações podem perder o equilíbrio.

Justamente por isso, listamos algumas dicas importantes para te ajudar a manter a “casa” em ordem e administrar as finanças da sua empresa da melhor maneira. Continue a leitura para conferir! 

Como manter a organização financeira com 6 dicas simples

A organização está totalmente ligada à saúde financeira do seu negócio. Como está a situação por aí? Qual tem sido seu faturamento e lucro? Como anda seu fluxo de caixa? Perguntas como essas são capazes de indicar se algo está errado. É por isso que você deve colocar as seguintes dicas em prática: 

1. Planejamento financeiro 

Em primeiro lugar, é claro, não poderíamos apresentar outra dica senão o planejamento financeiro. Toda empresa precisa traçar objetivos, projeções e estratégias bem definidas. Esse plano é fundamental para o controle sobre as despesas e gastos. 

Você também pode se interessar pelo conteúdo “Planejamento financeiro: 6 dicas para mudar sua vida financeira”.

2. Jamais misture as finanças pessoais com as da empresa 

Não é porque você é o dono, tem uma empresa familiar ou pequena, que irá misturar as contas do negócio com as contas pessoais. Esse é um erro bastante comum que pode resultar em perdas significativas. 

Portanto, organize e separe os recursos voltados para a empresa e o dinheiro destinado à vida pessoal. 

Leia mais sobre o assunto: 4 dicas para separar o dinheiro da empresa das finanças pessoais.

3.  Disciplina financeira 

Ao lado do planejamento e da separação das finanças, está a disciplina financeira. Ter disciplina envolve um acompanhamento rigoroso das entradas e saídas diárias no seu negócio, dos custos fixos, a margem de lucro, o nível de endividamento, faturamento, entre outros. Observe todos esses fatores de perto e com muita atenção.

4. Controle e conhecimento sobre os prazos 

Conhecer devidamente as datas de contas a receber e a pagar é essencial. Saber esses prazos é uma forma de manter o fluxo de caixa controlado e determinar o que é prioridade a curto, médio e longo prazo.    

5. Administração do capital de giro

É difícil uma empresa sobreviver sem um bom capital de giro. Mas não basta simplesmente ter o dinheiro reservado, é importante saber administrá-lo. Assim, você estará preparado para lidar com situações imediatas e inesperadas sem comprometer a saúde financeira do seu negócio.

6.  Controle o estoque e busque boas condições de pagamento 

Não importa o tamanho da sua empresa, se você quer manter a organização financeira, precisa também manter o estoque equilibrado. Fique atento aos produtos de maior e menor saída do seu estabelecimento. Evite acumular itens que não apresentem muita procura e que estejam gerando gastos desnecessários em um curto período de tempo. 

Além disso, tente negociar novos meios de pagamento com seus fornecedores. Ajuste prazos, parcelamento, taxas de juros, descontos e afins. Desse modo, você não tem de despender uma quantia muito alta de uma vez só e não fica sobrecarregado. 

E então, o que achou deste conteúdo? Você acabou de conferir 6 dicas básicas que podem te ajudar a manter a organização financeira do seu negócio.

Se quiser ler outras postagens como essa, basta nos seguir nas redes sociais e acompanhar nosso blog! Ficou com alguma dúvida? Deixe um comentário abaixo que responderemos em seguida!

Posts relacionados

2021 e o cenário desafiador para a economia: o que podemos esperar?

Apesar das expectativas de recuperação, 2021 ainda poderá ter um cenário desafiador para a economia. A retomada econômica que era prevista, foi causando incertezas e preocupações devido a segunda onda da pandemia. Saiba então o que esperar do setor econômico esse ano!

Destaques

3 min