Pesquise por hashtags, nomes, e assuntos Pesquisar

A importância da análise de cadastro para a concessão de crédito

A análise de crédito vai muito além do que a simples verificação do famoso “consta ou nada consta”. Se você já nos acompanha por aqui, provavelmente nos viu falar sobre quão essencial é criar um cadastro completo para seu cliente, certo? Pois bem, a análise de cadastro é parte fundamental dessa avaliação para a decisão de conceder crédito ou não a alguém. 

No entanto, diversas empresas ainda não dão a devida importância a essa etapa. Muitas simplesmente não entendem o impacto que a construção, manutenção e análise cadastral pode causar para seu negócio. 

E é justamente sobre isso que vamos tratar no conteúdo de hoje. Continue a leitura para conferir por que é importante fazer a análise de cadastro das pessoas que compram com você! 

Entenda por que a análise de cadastro do cliente é tão importante 

Toda concessão envolve risco. Ter um cadastro bem feito e analisá-lo, nesse sentido, é uma forma de identificar esses riscos e, por consequência, conseguir reduzir a inadimplência

Os dados utilizados para formar uma ficha cadastral dizem muito sobre a situação dos clientes, indicando, por exemplo, a capacidade de pagamento de cada um deles. É por isso que não se deve negligenciar a construção desse documento, nem se basear em informações superficiais. 

Tão imprescindível quanto a criação do cadastro é a sua atualização. Afinal, pode haver alteração dos dados passados inicialmente. É preciso atenção em relação a essas mudanças e a veracidade de cada ponto informado. Mas sobre isso explicaremos melhor adiante. 

Quais informações são necessárias para a construção de um bom cadastro 

Veja a seguir algumas informações que não podem faltar em um cadastro: 

  • CPF ou CNPJ da pessoa ou empresa 
  • Razão social 
  • Data da constituição 
  • Endereço completo 
  • Possui filiais? Se sim, em quais cidades e estados elas se localizam? 
  • Identificação dos sócios
  • Endereço de cada sócio 
  • Telefones dos responsáveis de cada unidade 
  • Segmento de atuação 
  • Dados econômicos 
  • Dados de mercado
  • Você também pode incluir dados de DRE, fluxo de caixa, balanço, índices financeiros, etc.

E a manutenção do cadastro, como fazer?

A manutenção nada mais é do que uma atualização de informações. Para isso, você tem de ficar de olho nas mudanças que possam ocorrer com seus consumidores. 

Uma dica, portanto, para otimizar essa etapa do processo é segmentar os clientes da sua carteira. Assim, você tem uma visualização mais ampla de como eles tem se comportado no mercado e das suas movimentações. 

Você pode dividi-los em clientes novos (que possuem até 3 meses) clientes em adaptação (de 3 meses a 1 ano)  e clientes antigos (aqueles com mais de 1 ano). Com os novos e os que estão em adaptação, é recomendado observá-los mais de perto, ou seja, consultá-los com mais frequência (a cada compra, por exemplo).

Já os antigos, dá para ter um pouco mais de flexibilidade e fazer uma consulta a cada mês ou bimestre. 

Em meio a essas avaliações, você consegue perceber e identificar como vai o desempenho do histórico de cada um deles, se há alguma falha ou mudança que possa influenciar também nos dados cadastrais. 

Agora, para a manutenção em si, não importa se o consumidor é novo ou antigo. Ambos precisam estar com tudo atualizado. Desse modo, verifique: 

  • Se houve alteração de endereço 
  • Mudança de telefones 
  • Telefones bloqueados (imagine que você é fornecedor de uma empresa que deixa de te pagar e de repente ela bloqueia o telefone para o qual seria feita a cobrança).
  • CNPJ inativo 
  • Como vai a segmentação de clientes novos, em adaptação e da carteira? Atualize os dados, o tempo de reconsulta e afins.

Viu só como a análise de cadastro tem papel fundamental para a concessão de crédito? Agora basta colocá-la em prática em seu negócio. 

E então, o que achou deste artigo? Para conferir outros como esse, é só ficar de olho em nosso blog e nos seguir nas redes sociais. Até a próxima! 

Ficou com alguma dúvida? Deixe um comentário abaixo que responderemos em seguida!

Posts relacionados

Conheça o Pix de pagamento e suas funcionalidades!

Já ouviu falar sobre o Pix de pagamento? O sistema está com lançamento marcado para novembro de 2020 e promete diversas funcionalidades que facilitarão o nosso dia a dia. Saiba mais agora!

Destaques

3 min

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Feito por Nerau Studio